Básico de Contabilidade e Finanças - Risco, Empresa, Patrimônio, Contabilidade, Balanço Patrimonial Rui News

Esse é o Coelho, ele é o personagem principal
dessa história, na qual vamos aprender alguns   conceitos de Contabilidade e Finanças ele
é um cara ambicioso e quer ser dono do seu   próprio negócio, ele quer ser empreendedor e
decidiu um ramo bem interessante para atuar:   ele decidiu vender brigadeiro! ele vai montar uma
barraquinha em um local estratégico e vender os   seus brigadeiros. Mas o nosso personagem está com
problema, ele tem apenas mil reais para iniciar o   seu empreendimento e segundo seus cálculos ele
precisa do dobro disso para começar. Bom ele   comentou com um amigo que já provou os brigadeiros
e tem uma grana sobrando (como dá para ver aí) o   amigo acreditando na ideia resolveu investir R$
750 no negócio de brigadeiros mas o valor ainda   não é suficiente então o nosso personagem decide
pegar um empréstimo de R$ 250 no qual lhe foi   cobrado uma taxa de 10% ao ano para que ele pague
em cinco anos. ééé parece que agora ele já tem um   capital que precisa para iniciar o seu negócio..
mas antes ele precisa se organizar.. para isso   ele corre no seu caderno e começa a fazer suas
anotações bom os recursos que têm para iniciar   o empreendimento são R$ 1000 que ele próprio
colocou R$ 750 que o investidor decidiu aportar   os R$ 250 tomado como empréstimo que ele vai
pagar 10% ao ano um total de mil reais agora ele   tem que comprar a barraquinha o leite condensado o
chocolate em pó, a manteiga, o granulado, o fogão   Além disso ele sabe que seu brigadeiro é bom
tenha um bom lugar para vender Já tem clientes   que gostam de brigadeiro logo ele está confiante
mas deve planejar ainda qual o preço de venda do   Brigadeiro qual o custo do Brigadeiro Quais as
margens de lucro e qual receita estimada. AH não   pode esquecer de ficar de olho no caixa para ter
dinheiro para pagar os empréstimos para possíveis   reformas da barraca que tem que saber até quando
que essa barraca vai durar também tem que prestar   conta o sócio e quer saber como está o negócio e
ainda pagar os impostos! É parece que não é fácil   cuidar de tudo no caderninho é tanta informação
tantas decisões que ele tem que tomar e parece que   o coelho vai ter que conhecer alguns conceitos
antes de tocar o seu negócio… O primeiro   conceito importante que vamos conhecer é
a diferença entre esse cara ( o investidor   que decidiu ter uma participação na barriquinha de
brigadeiro) e esse cara que realizou um empréstimo   ao nosso empreendedor podemos dizer que o risco
dessas duas transações é diferente perceba que a   posição de ambos frente o negócio é completamente
diferente. Caso de tudo errado.. o faturamento   com brigadeiro não seja suficiente para fazer a
barraquinha vingar o sócio que acreditou na ideia   pode acabar sem o seu aporte Inicial perdendo o
dinheiro que investiu isso porque ele também é   dono e não tem um prazo específico para reaver
o seu investimento ele acredita no potencial do   negócio.. já o cara que emprestou o dinheiro ele
tem um prazo para receber já está acordado quanto   receberá no futuro é de brigadeiro não der certo
ele vai ter o seu dinheiro de volta nem que para   isso a barraquinha, que é base do negócio, tenha
que ser vendida, porém se os brigadeiros forem   um sucesso e o empreendimento prosperar o nosso
investidor pode aumentar ainda mais seu patrimônio   tanto com o crescimento da empresa quanto com a
sua participação nos lucros com os dividendos o   nosso amigo aí não vai ter acesso a isso tudo pois
como acordado o prazo e juros que ele irá receber   já foram definidos. O segundo conceito que vamos
ver aqui é o de empresa: que é só você procurar   no Google aí que vai encontrar: organização
Econômica civil ou comercial constituída   para explorar o ramo de negócio ou oferecer ao
mercado bem e serviço no nosso caso brigadeiro   essa empresa ela vai ter um nome no CNPJ inclusive
já foi pensado e essa organização terão patrimônio   próprio e vamos ver agora como é formado nós temos
os dois sócios sendo que o coelho entrou com meu   reais e o investidor com 750 logo a composição
patrimonial da empresa e de 1.750 sendo que 57   por cento e do coelho que bolou a ideia e quarenta
e três por cento do investidor e o tiozinho que   emprestou o dinheiro onde ele entra na verdade ele
não entra aqui ele não tem participação visto que   ele é apenas emprestou o dinheiro se pensarmos
nesse patrimônio como pequenos pedacinhos da   empresa.. pera aí.. a menor parcela do capital
social de uma empresa.. Esse é o conceito de   AÇÃO aquela que é negociada na bolsa! Então se
a gente colocar cada ação valendo um real nós   temos a seguinte composição acionária um total
de 1.750 ações 1000 ações do coelho 750 ações do   investidor que tá com dinheiro saído do bolso aí
isso significa que o coelho além de ser o criador   da ideia ele ainda é controlador da empresa ele
consegue tomar as decisões porque ele possui a   maior parte do capital da empresa Mas voltando
à nossa história o jovem é estava enrolado com   seu caderninho tentando controlar tudo e registrar
para não esquecer na hora de tomar suas decisões e   ele está com a seguinte pergunta na cabeça como
registrar e controlar tudo o que acontece com   o meu negócio para que ele possa explicar para
o sócio e tomar as decisões conforme a empresa   cresce.. bom é só ele pesquisar um pouco que ele
vai perceber que assim como ele está registrando o   quanto a sua empresa vale.. o patrimônio.. da onde
vem o dinheiro e as possíveis decisões que ele   vai tomar teve uma galera que fazia a mesma coisa
muito tempo atrás nas paredes da caverna em tábuas   de argila mas na época eles controlavam Quantos
animais tinham.. as trocas que faziam entre   eles desenhando um animalzinho na parede fazendo
palitinhos do lado! O que o coelho precisa é da   contabilidade uma ciência que tem por objetivo o
estudo das variações quantitativas e qualitativas   ocorridas no patrimônio das entidades, ou seja da
sua empresa, mas o Coelho não é bom com matemática   ele não vai se dar bem nessa ciência exata Entenda
de uma vez por todas contabilidade não tem nada   a ver com matemática não é uma ciência exata,
contabilidade é uma ciência social aplicada que   fala da relação entre as contas e usa dos números
para evidenciar a característica quantitativa do   patrimônio. OK OK eu já entendi mas como que a
contabilidade vai resolver o problema do Coelho..   bom vamos lá vamos colocar aqui dá onde tá vindo
toda a grana que entrou no negócio até agora:   tem um mil do coelho os 750 investidores os 250
do empréstimo fechando os dois mil necessários. Do   outro lado vamos colocar onde esse dinheiro está
alocado. Por enquanto tá tudo no caixa da empresa   porque depois que registrar isso aqui e a temos
que comprar barraca os insumos e começar a fazer   os brigadeiros. Mas peraí o dinheiro é diferente!
O dinheiro do Coelho do sócio.. como nós vimos lá   atrás a questão do Risco e participação negócio
blá blá verdade! então pera aí.. Vamos separar   o empréstimo do Tiozinho e a grana que compõem o
patrimônio da empresa e vamos chamar esse aqui de   ativo e passivo os mesmos dois mil que tem de um
lado tem o outro interessante né? na verdade essa   lógica de Registro é a base da contabilidade nós
temos uma coisa chamada equação da contabilidade   que diz que o total de ativos é sempre igual a
soma de passivos com patrimônio líquido! Humm   bom então se eu colocar o capital próprio aqui o
capital social que forma o patrimônio líquido..   Se eu colocar que o capital de terceiros o passivo
na conta de empréstimos Se eu colocar que a grana   que tá no caixa o ativo o nome disso vai ser o
balanço patrimonial o balanço da empresa e se   eu colocar um logo aqui uma data desse balanço
e a moeda corrente que estão registrados esses   valores Nossa ficou muito parecido com alguma
coisa que eu já vi em algum lugar Humm todas   as empresas (de capital aberto) então publicam
isso.. olha Vale a Petro ativo passivo patrimônio   líquido a data o logo a indicação da moeda que
tá sendo representada Só para entender melhor   como que funciona essa equação fundamental a
gente pode imaginar aqui o ativo é tudo que a   empresa possui o passivo é tudo que é devido aos
credores (a terceiros) e o patrimônio líquido é   tudo que é devido aos acionistas então sempre
eu vou ter que ter uma origem de recurso e uma   alocação de recursos na contabilidade a gente
chama isso de débito e crédito são as partidas   dobradas mas aí a gente já está se aprofundando
muito fica para outro vídeo a explicação de como   isso funciona vamos voltar para nossa história
Agora que o coelho já conhece a contabilidade e   sabe que precisa registrar os eventos que afetam
o patrimônio da sua empresa ele já pode começar   o seu negócio a primeira tarefa é comprar os
insumos para fazer os brigadeiros assim como a   barraquinha e o fogão uma manteiga o chocolate o
leite condensado e o granulado ele gastou R$ 200   já com uma barraquinha e com fogão ele gastou
R$300,00 Então vamos voltar ao nosso balanço e   registrar isso tudo: a composição patrimonial e
os empréstimos não mudaram com essas compras..   já o caixa da Empresa que antes registrava dois
mil agora tem R$ 1500 isso porque ele é adquirir   R$ 200 em estoques e R$ 300 na barraquinha que
é o imobilizado. Agora sim a barraca está aberta   os brigadeiros estão prontos e os clientes já
e o nosso empreendedor está muito empolgado!!   mas calma mantenha a postura aí que tem muita
coisa a ser feita.. para ajudar nas vendas o   coelho e contratou uma auxiliar visto é muito
trabalho para uma pessoa só.. então agora que   o negócio tá rolando tem alguns detalhes que
precisam ser vistos: a barraca de brigadeiros a   estrutura física não vai durar para sempre ela vai
sofrendo um desgaste (depreciação) com o tempo a   estimativa que ela dure 5 anos logo como custo de
aquisição dela foi de 300 reais ela vai depreciar   60 reais por ano.. o salário de ajudante aí como
ela aparece de vez em quando o combinado foi de   530 reais por ano no primeiro ano foram vendidos
800 brigadeiros cada um custando um real logo o   faturamento Total foi de R$ 800 e o custo foi de
R$ 200 agora vamos registrar tudo isso e fazer o   fechamento do primeiro ano do nosso negócio para
registrar qual foi o resultado do exercício.. não   vamos para o balanço patrimonial.. vamos para
outro relatório contábil que evidencia se as   operações de uma empresa estão dando lucro ou
prejuízo considerando um determinado período de   tempo no caso aqui o primeiro ano das operações
da barraca de brigadeiro então eu vou colocar   aqui a receita total de R$ 800 ou custo de R$ 200
perceba que o custo tá entre parentes indicando o   valor negativo a depreciação do nosso imobilizado
e a barraquinha e fogão de R$60 por ano e o gasto   com a mão de obra da nossa ajudante que foi de
R$ 530 tirando todos esses valores negativos   nosso faturamento temos o lucro antes de
juros e impostos que foi de R$ 10 reais,   a primeira coisa que podemos fazer com essa
estrutura pronta é dividir o lucro pela Receita   para verificar qual a nossa margem de lucro
fazendo isso vemos que o indicador de margem de   lucro é de 1,25 por cento mas calma não podemos
esquecer que temos um empréstimo pagamos dez   por cento ao ano acrescentando as R$ 25 pratas do
juros anual do Tiozinho aí nós temos o nosso lucro   antes dos impostos que foi de menos R$ 15 tirando
os impostos que na verdade não temos por enquanto   e vamos ao prejuízo líquido de R$ 15 reais
antes de analisarmos melhor esses valores e   seus impactos no negócio é importante que você
perceba uma coisa a diferença entre o balanço   patrimonial e a DRE (Demonstração do Resultado
do Exercício) perceba que o balanço registra o   patrimônio da identidade (da empresa) em uma
data específica.. é como se eu olhasse para   o negócio de brigadeiros e visse uma foto
do patrimônio em uma determinada data já   a DRE (Demonstração do Resultado do Exercício)
demonstração do resultado do exercício apresenta   tudo que ocorreu durante um ano de operação a
receita de R$800 foi auferida durante todo o   ano logo eu posso entender que essa demonstração
é como um filme que conta a história do ano todo   existem outros demonstrativos que cumprem esse
papel de contar uma história para entender o   que acontece um negócio e como ele está indo
analisando todos em conjunto você consegue   perceber detalhes e entender mais sobre o que
aconteceu com a empresa para facilitar você pode   calcular indicadores como fizemos ali atrás
com a margem de lucro Mas quem quer saber da   história da empresa.. bom a ajudante do coelho
quer saber se vai ter emprego no próximo ano   se o negócio do Brigadeiro está prosperando..
o investidor que fez seu aporte quer saber se   fez um bom negócio e se irá colher frutos do seu
investimento.. o banco que fez um empréstimo quer   saber como está a situação caso com ele precisa
de um novo empréstimo o governo quer saber se   tá rolando um tal de lucro ali pois ele quer
aparecer na demonstração de resultado na linha   de impostos e você que está acompanhando esse
vídeo até agora quer saber se ele vai conseguir   ter sucesso na sua jornada os analistas que
vendem relatórios comentando sobre as empresas   e indicando investimentos também estão de olho
os grandes fundos de investimentos estão atrás   de boas oportunidades para lucrar também estão
de olho, enfim, Tem bastante gente interessada na   história que essas demonstrações contam. Agora que
já conhecemos um pouco das demonstrações e sabemos   que elas contam histórias precisamos analisar
melhor a função de cada uma continuar registrando   os eventos calcular indicadores e conhecê-los
melhor, afinal, boa parte desses indicadores que   você vê por aí tem os nomes em inglês e muitas
vezes você não sabe o que ele representa.. Mas   e o futuro dos brigadeiros do coelho, bom o futuro
não está nas demonstrações contábeis, o futuro não   está no relatório dos analistas, o futuro não
está na dica do seu assessor de investimentos,   o futuro ninguém sabe, o futuro envolve risco
como já vimos no começo do vídeo.. O negócio   de brigadeiros pode continuar dando prejuízos que
os nossos amigos aí entrarem para as estatísticas   da maioria das empresas que abrem e não prosperam
e isso pode ocorrer por vários motivos inclusive   porque nesse ramo de doces tem uma concorrência
pesada ou os brigadeiros podem ser o sucesso e   os nossos personagens faturar em Alto cogitando
a possibilidade de expandir seus negócios e irem   para a bolsa de valores o coelho aí já até imagino
o ticker da ação negociada (COEL3, BRIG4) mas   para isso para acompanhar essa história você
precisa se inscrever no canal e acompanhar   toda essa jornada Aproveita que vamos parar
por uns segundos e já se inscreve no canal! e   o recado final do vídeo é para aqueles que já
tenham experiência na área ou entendem um pouco   e deve estar se questionando Nossa que taxa de
depreciação é essa colocou fogão e a barraca no   mesmo pacote essa empresa tem uma tributação Sim
ela pode ser meio ou pretende pelo simples, 10%   ao ano que Taxa de empréstimo? ele tá falando de
ações para uma empresa que nem tá listada em bolsa   nem é uma S.A. ainda Calma isso aqui é um vídeo
didático se você tem alguma coisa para acrescentar   deixa aí nos comentários vai poder ajudar os
outros aprender também acredito que era isso   ficamos por aqui no nosso primeiro vídeo e nos e
no próximo continuamos com a nossa história abraço

Leia Também →  ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA PARA 2022 | DICAS 💰

Managed by Immediate JFusion